Onde está Liédson?


por Diogo Miloni

Liédson da Silva Muniz, também conhecido como Liédson, é um atacante luso-brasileiro de grande poder de finalização. Em 2011, acertou seu retorno ao futebol brasileiro, após oito temporadas em Portugal, mais precisamente para o Corinthians, onde foi peça importante para a conquista do Campeonato Brasileiro daquele ano e da inédita conquista da Copa Libertadores da América, em 2012.

Natural de Cairu, na Bahia, Liédson nasceu no dia 17 de dezembro de 1977 e antes de ser jogador de futebol, trabalhava como ensacolador em um supermercado de sua cidade natal.

A carreira no esporte bretão começou no Poções-BA, passando pelo Prudentópolis-PR, Internacional de Santa Maria-RS e Coritiba-PR, antes de ter a primeira oportunidade no Flamengo, onde estreiou em 2002.

No Rubro-Negro foram grandes atuações do atacante, que marcou 15 gols em 29 jogos do Campeonato Brasileiro, despertando o interesse dos outros grandes clubes da Série A.

No começo de 2003 foi negociado com o Corinthians, onde logo conquistou a Fiel torcida com uma verdadeira chuva de gols: 22 tentos em apenas 33 partidas disputadas com a camisa do Alvinegro. A ótima média abriu as portas do Velho Continente.

O Sporting, de Portugal, contratou Liédson no meio da temporada de 2003 e o sucesso veio na bagagem. Entre seu primeiro ano na Europa e 2008, Liédson nunca fez menos de 15 gols por ano, chegando, em 2004/05 na incrível marca de 25 tentos anotados.

O auto índice de gols marcados despertou a vontade da Federação Portuguesa contar com o atacante sul-americano, que naturalizou-se português para a disputa das Eliminatórias da Copa de 2010 e, após a classificação, foi convocado para disputar o Mundial.

Em 2011, após oito anos defendendo as cores verde e branca do clube de Lisboa, o atacante brasileiro acertou seu retorno para o Timão, clube de primeira passagem breve, mas ótimas lembranças. No Alvinegro, Liédson ganhara dois apelidos: Levinho, devido ao seu peso, e “Liédshow”, pela facilidade de decidir partidas.